Amazônia = Brasil


O Ciclo da Borracha foi uma época em que imigrantes nordestinos fugiam da seca e se instalavam nos seringais com o sonho de enriquecer. A participação de empresas inglesas foi importante para o surgimento de melhorias na cidade de Manaus, como luz elétrica, água encanada e rede de esgotos, o Porto de Manaus e bondes elétricos, sendo que, naquela época, muitos desses serviços ainda não existiam no restante do país. Foi um tempo de luxo, em que as famílias abastadas mandavam seus filhos estudarem na Europa e os prédios locais eram construídos com materiais exclusivamente europeus, em estilos art nouveau e neoclássico, com destaque para o famoso Teatro Amazonas, o Mercado Municipal Adolpho Lisboa, o prédio da Alfândega e o Palácio da Justiça, que até hoje são destaques na arquitetura local.


 
 
A concorrência dos seringais da Malásia fez com que, por meio século, Manaus sofresse com o declínio do Ciclo da Borracha, que teve uma sobrevida durante a 2ª guerra mundial, mas tornou a cair, até que em 1967 o governo federal implantou a Zona Franca de Manaus, como solução para a continuação do desenvolvimento regional. A cidade ganhou um novo fluxo turístico muito grande e estruturas hoteleiras foram montadas para atender a essas demandas. A seguir implantou-se o Pólo Industrial de Manaus, com centenas de fábricas das maiores marcas mundiais, que constitui um dos pilares da economia local, além do Polo Agropecuário e do processamento e da comercialização de petróleo e gás natural.

Pontos Turísticos de Manaus:

ALFÂNDEGA
Inaugurado em 1906 e utilizando matéria-prima da Inglaterra, foi um dos primeiros prédios a ser construído no Brasil com blocos em pedra. Horário: Segunda a Sábado - 8h às 12h. Rua Marquês de Santa Cruz, s/n - Centro


BOSQUE DA CIÊNCIA
Localizado na sede INPA, possui uma grande área rica em vegetação e animais da Amazônia. Horário: Terça a Sexta, de 9h às 12h / 14h às 16h. Sábado e Domingo das 9h às 16h, Entrada: R$ 5,00. Crianças até 12 anos - gratuito. Av. André Araújo, 1756 – Aleixo


CENTRO DE ARTESANATO BRANCO E SILVA
Qualquer produto tipicamente regional poderá ser encontrado neste Centro. É possível acompanhar a produção de peças, bem como adquirir qualquer produto. Não esqueça de provar da deliciosa culinária local.
Horário: Segunda de 12h às 18h. Terça a Sexta de 8h30 às 18h. Sábado de 8h30 às 16h


CENTRO CULTURAL PALÁCIO RIO NEGRO
Por muitos anos, foi sede do Governo Estadual. Atualmente é palco de exposições, shows musicais e teatro. Horários: Segunda a Sexta de 9h às 15h.
End.: Av. 7 de Setembro, 1546. - Centro


CENTRO CULTURAL DOS POVOS DA AMAZÔNIA
Área destinada ao conhecimento, exposições, artes, peças teatrais, reuniões, festivais.
Horários: Segunda a Sexta de 9h às 17h.
http://www.povosdamazonia.am.gov.br/
 




IGREJA DE SÃO SEBASTIÃO
Construída em 1888 faz parte da Praça São Sebastião e do Teatro Amazonas.
End.: Praça São Sebastião - Centro.

TEATRO AMAZONAS
Construído em plena Floresta Amazônica, na época do Ciclo da Borracha, o Teatro Amazonas é uma das mais belas obras e referência da cultura no estado do Amazonas.
Horário: Segunda a Sábado de 9h às 17h. Nos domingos acontece apresentações com entrada franca de Teatro e Violas às 11:00 e 19:00 respectivamente.








JARDIM BOTÂNICO - ADOLPHO DUCKE
Trilhas com guias, Biblioteca, exposições, educação ambiental, produção de mudas.
Horário: Terça a Domingo de 8h às 18h. End.: Rua Uirapuru, s/n - Cidade de Deus·.


MERCADO MUNICIPAL "ADOLFO LISBOA"
Uma réplica do mercado em Paris "Les Halles". Principal porta de entrada na cidade da produção pesqueira e rural do estado


PALÁCIO DA JUSTIÇA
Prédio onde funciona o Tribunal da Justiça do Estado, também construído em estilo neoclássico, foi inaugurado em 1900, e suas características arquitetônicas lembram as construções do 2º Império Brasileiro. Horário: Terça a Sexta das 10h às 15h. Domingo das 17h às 21h. End.: Av. Eduardo Ribeiro - Centro.


PRAIA DA PONTA NEGRA
Principal ponto jovem de Manaus. No calçadão é possível caminhar, praticar esportes diversos, ver apresentações da dança local (Boi) em bares especiais. Estrada da Ponta Negra.










PORTO DE MANAUS
Projetado e construído pelos ingleses é uma interessante obra de engenharia, oscilando com a subida e descida das águas do Rio Negro. Inaugurado em 1902.
Rua Tanqueirinho, 25 - Centro.






HOTÉIS:


Holiday Inn Manaus - Vencedor do Travellers' Choice™ 2013 -  Classificação nº 1 de 35 hotéis em Manaus

Caesar Business Manaus  - Classificação nº 2 de 35 hotéis em Manaus

Sleep Inn Manaus - Classificação nº 3 de 35 hotéis em Manaus

Go Inn Manaus - Classificação nº 5 de 35 hotéis em Manaus

Quality Hotel Manaus - Classificação nº 6 de 35 hotéis em Manaus

Comfort Hotel Manaus - Classificação nº 7 de 35 hotéis em Manaus

Blue Tree Premium Manaus - Classificação nº 8 de 35 hotéis em Manaus

Hotel Saint Paul - Classificação nº 9 de 35 hotéis em Manaus

Hotel Mercure Manaus - Classificação nº 10 de 35 hotéis em Manaus

Park Suítes Manaus - Classificação nº 11 de 35 hotéis em Manaus

Tropical Hotel Manaus - Classificação nº 13 de 35 hotéis em Manaus

Fonte:  Tripadvisor -  http://www.tripadvisor.com.br
A grande dica é conhecer os Rios Negro e Solimões a Bordo do Gran Amazon, da Ibero Cruises. Um passeio 5 estrelas, com muito conforto, comodidade e comida excepcional. Os roteiros podem ser de 3, 5 ou 7 dias dependendo da disponibilidade do passageiro. Shows tipicos enriquecem esta maravilhosa aventura na Amazônia!











 

RESTAURANTES:

Banzeiro - Costelas de tambaqui com flor de sal (R$ 96,90, para dois): roupagem moderna para receitas clássicas.

Tambaqui de Banda - Av. Tancredo Neves, 9. Parque 10, próximo ao Parque do Mindú, Manaus, Amazonas (Estado) 69054040.
Choupana -  O caldinho de tambaqui servido como cortesia dá as boas-vindas aos clientes. Empanadas e fritas, as costeletas de tambaqui chegam à mesa com jambu, arroz e farofa de banana por R$ 78,00, para duas pessoas.
O Lenhador - Próximo ao Aeroporto de Manaus. Excelente restaurante e sua especialidade são as carnes exóticas!
 


SALAMANCA - Espanha!

Salamanca é uma província da Região de Leão, na Espanha e situa-se a nordeste de Portugal. Também é influenciada pela bacia do rio Douro, sua denominação em idioma local antigo era DOIRI. Região que chegou a sofrer influências romanas, árabes entre outras. A cidade de Salamanca possui o título de "LA DORADA", admitida pela UNESCO como patrimônio histórico da humanidade. Salamanca foi escolhida como Capital Européia da Cultura em 2002.

 
É uma das cidades espanholas mais ricas em monumentos da Idade Média, do Renascimento e das épocas clássica e barroca.

Destacam-se:  Catedrais velha e nova... http://www.catedralsalamanca.org/espanol.htm
Palácio da Salina, o Palácio de Anaya, o Palácio de Monterrey, a Casa das Conchas, o Convento das Senhoras (Convento de las Dueñas) e a Torre do Cravo (Torre del Clavero). O Museu Diocesano, o Museu Catedralício, o Museu Universitário e o Museu das Senhoras são outras referências culturais da cidade.


 
A atual vida cotidiana de Salamanca concentra-se na Praça Maior (Plaza Mayor). Essa praça foi edificada entre 1729 e 1755, é o centro e o principal símbolo da cidade.


Terra de clima ameno e topografia variada. Sendo a cidade situada em local mais plano mas com montanhas ao norte e ao sul. Dona da penúltima catedral gótica construida na Espanha. Como seus maiores tesouros encontraremos a Universidade de Salamanca (a segunda universidade mais antiga da Europa, fundada no ano 1218 por Alfonso IX de Leão).


As principais indústrias da cidade são os curtumes, a cerveja e a moagem de cereais. O turismo também é uma atividade economica importante., sendo o seu centro histórico Património da Humanidade desde 1988. Em suas terras são produzidas uvas, vinho, azeite e alguma pecuária de ovinos e caprinos.

Não possui temperaturas extremas de calor e frio e recebe pouca afluência de chuvas, menos de 400mm ao ano. Já em suas montanhas pode-se verificar mais abundância pluvial, chegando mesmo a 1000 mm em determinadas regiões.

Hoje, local onde se encontram turistas, sonhos, belezas e histórias. Dentro desta cidade de cerca de 300.000 habitandes reside um maravilhoso celeiro cultural da humanidade. Salamanca é uma cidade Universitária!

 

Pontos de Interesse:

 
La Plaza Mayor
Considerada por muitos a praça mais bonita de toda a Espanha, a Plaza Mayor de Salamanca é o centro das atividades da cidade. Durante o dia e à noite, salamantinos e turistas vão à Plaza Mayor para admirarem sua beleza ou simplesmente sentarem uma terraza e passarem o tempo com os amigos.
 
Vida noturna
Todos sabem que Madri é a capital da vida noturna na Espanha, mas Salamanca não fica muito atrás e, melhor ainda, com preços de cidade pequena! De grandes discotecas a pequenos clubes de jazz, os estudantes lotam as baladas todas os dias da semana. Se você está disposto a curtir a noite inteira e sem gastar muito, Salamanca é o lugar perfeito.


Universidad de Salamanca
Fundada em 1218, Salamanca possui a 5ª universidade mais antiga da Europa. São quase 800 anos de vida acadêmica passeando pelas elegantes ruas e edifícios dos grandes pensadores espanhóis como Luis de Góngora, Miguel de Unamuno e Pedro Calderón de la Barca. Com excelente reputação,  estudantes espanhóis e internacionais frequentam as universidades e formam mais de 30% da população total da cidade.




Casa de las Conchas
A apropriadamente chamada de Casa de las Conchas é, sem dúvida, um dos edifícios mais emblemáticos de Salamanca. A parte exterior desta antiga mansão do século 16, agora transformada em biblioteca pública, está decorada com fileiras e mais fileiras de conchas esculpidas em arenito. Localizada próxima à catedral, está bem cêntrica e devido à sua aparência, é muito fácil encontrá-la.

Catedrais são duas!
Uma das principais atrações de Salamanca é o complexo de catedrais, um complexo. Enquanto muitas cidades derrubam as antigas catedrais para construírem as novas, as duas catedrais de Salamanca - a antiga e a nova - continuam intactas.
 
A Catedral Nueva, que começou a ser construída em 1512, demorou mais de 200 anos para ficar pronta. Graças a esses dois séculos de construção, a catedral é um belo exemplo da evolução da arquitetura espanhola. A Catedral Vieja está ao lado na nova e possui o órgão mais antigo da Europa.

 
Quando  ir  a  Salamanca:
MARÇO/ABRIL: Semana Santa
As celebrações da Semana Santa em Salamanca são umas das mais impressionantes da Espanha, com procissões massivas partindo da catedral gótica da cidade. "Lunes de Águas", a segunda-feira posterior à páscoa, é uma tradição de  Salamanca. Na Idade Média, este era o dia em que as prostitutas eram recebidas de volta à cidade depois do exílio temporário no outro lado do rio Tormes, durante a quaresma. Nos dias de hoje, os habitantes locais comemoram este dia fazendo piqueniques e comendo "hornazo", um tradicional bolo de carne, divertindo-se com os amigos e deixando para trás os dias de penitência da quaresma.

 JUNHO: El Día de San Juan de Sahagún
Em 12 de junho, Salamanca celebra o dia de San Juan de Sahagún, o padroeiro da cidade. As principais atrações são os shows de fogos de artifício, touradas e um mercado barroco com artesanato regional. Todos tiram uma folga do trabalho ou da escola para poder participar da festa e, é claro, se divertir até não poder mais.

SETEMBRO: Las Ferias de Salamanca
Todos os tipos de música e dança, fogos de artifício, shows ao ar livre, peças de teatro e touradas são as principais atividades da Feria de Salamanca, que ocorre anualmente na segunda semana de setembro
.

Gastronomia

A gastronomia de Salamanca constitui-se como uma das mais ricas cozinhas artesanais da Espanha.

É também bastante eclética, oferecendo uma grande variedade, que se distingue pelos seus enchidos, carne de porco, carne bovina, peixes de água doce e legumes.

 
Comer pinchos

 As tapas  ou "pinchos", como são chamados em Castilla-León,  são uma boa maneira de conhecer os diversos bares da cidade. Os melhores e mais populares bares de pinchos estão localizados em volta da Plaza Mayor e na Calle Van Dyck. Dá para ficar em um único bar toda a noite ou fazer como os espanhóis, provar um pincho em cada bar.


Pratos Típicos:

Cochinillo (leitão), chanfaina salmantina (arroz, miúdos e linguiça), farinatos (linguiça frita com ovos), cozidos, biscoitos de amêndoa, marzipã, pinchos, rabanadas!

Ao contrário do que acontece com outras cidades espanholas, a gastronomia de Salamanca é bastante elaborada. A cidade é caracterizada por uma cozinha artesanal. Salamanca, como cidade turística global que recebe turismo de nível mundial, oferece uma ementa requintada em quase todos os estabelecimentos gastronômicos. Há preços para todos, nos vários restaurantes e bares. Na cidade, há muitos locais para almoçar ou jantar.

Os enchidos próprios da cidade são de excelente qualidade, especialmente os que contam com a carne de porco, como seu ingrediente principal. Os mais solicitados são os de chouriço, salsicha e presunto e, principalmente, o presunto ibérico.

O queijo de Hinojosa del Duero é um dos produtos típicos da cidade e no mês de Maio, realiza-se uma feira internacional dedicada a este tipo de queijo.

Contudo, para além deste, existem muitos outros tipos de queijo feito com leite de ovelha. As carnes são ingredientes fundamentais na cozinha de Salamanca. A carne de vaca, cabrito e cordeiro, mas principalmente, a de porco. A qualidade de todas elas é excelente.

Outro dos ingredientes utilizados em quase todos os pratos são os peixes de água doce. Aqui, trata-se essencialmente de truta e tenca, peixes preparados em diversas receitas.

Entre os pratos mais comuns que poderá encomendar num restaurante, encontram-se:

Bejarano para calderillo: Estufado de carne bovina, cortada em bifes, com batatas. Tudo temperado com pimenta e páprica.

El hornaza: Este delicioso prato contém carne de porco, salsichas e ovos cozidos. É uma espécie de torta, feita com esses ingredientes. É um alimento típico da cidade, comummente servido nas festividades.

Peces al escabeche (peixe em conserva): usam-se peixes de água doce, submergidos numa mistura de azeite, alho e vinagre.

Entre os doces e as sobremesas mais comuns estão: os 'chochos', o bolo 'maimón', o torrão de 'alberca', as 'floretas' e as 'garrapiñadas'. Estes são apenas alguns dos produtos de confeitaria da cidade. Os bolos e rosquinhas cobertos de 'glacê' e açúcar são irresistíveis.
 

 Hotéis

 Hotel Recoletos Coco - Avenida Agustinos Recoletos, 44, 37005 Salamanca, - O Recoletos Coco está localizado a 5 minutos a pé da praça de touros da cidade, em uma área tranquila de Salamanca. A propriedade oferece Wi-Fi gratuito, estacionamento também gratuito, e uma piscina ao ar livre durante o verão.

Hotel Recoletos Coco oferece estacionamento gratuito no local. Você pode chegar a Valladolid e Burgos, facilmente, através da Rodova A62, situada apenas a 2 km do hotel. Além disso, a propriedade fica a 20 minutos a pé do centro histórico da cidade.

Ibis Salamanca - La Marina 15-19, 37001 Salamanca. O Ibis Salamanca fica próximo ao Parque Los Jesuitas, a apenas 700 m da Plaza Mayor e do centro histórico da cidade. Oferece quartos climatizados com TV via satélite.
Todos incluem Wi-Fi gratuito.
O Ibis Salamanca conta com uma lanchonete, onde pode desfrutar do buffet de café-da-manhã diariamente. O hotel também dispõe de recepção 24 horas.
O Ibis Salamanca está situado a 5 minutos a pé da Avenida Gran Via e dos bares de tapas (petiscos) mais famosos de Salamanca.
Petit Palace Las Torres - Concejo, 4-6, 37002 Salamanca - Este hotel está localizado na famosa Plaza Mayor em Salamanca, a apenas 5 minutos a pé da catedral. Oferece aluguel de bicicletas gratuito e quartos com laptop e Wi-Fi de cortesia. A maioria possui chuveiro de hidromassagem. Os quartos do Petit Palace Las Torres dispõem de ar-condicionado, piso em parquet, e uma decoração simples e moderna. Todos são equipados com TV via satélite.O restaurante do hotel serve um buffet de café-da-manhã, e há também vários restaurantes ao redor do hotel.A equipe da recepção 24 horas do Hotel Petit Palace pode ajudá-lo a reservar bilhetes para visitas guiadas, espetáculos ao vivo e outros eventos. Há também um serviço de translado para o aeroporto, disponível mediante um custo extra.O hotel fica a 5 minutos a pé da famosa Universidade de Salamanca, que é a mais antiga de Espanha, e a 15 minutos da Ponte Romana. Rede de hotéis: High tech hotels & resorts.


Celebrity Cruises - Cruzeiro de Hong Kong a Singapura !!!

Hong Kong




Hong Kong foi devolvida à China em 1997, após mais de 150 anos de domínio britânico. Durante os anos de colonização, o povo mergulhou em uma sociedade de consumo, sem jamais abrir mão de sua forte identidade cultural.
Cidade de contrastes, onde o desenvolvimento caminha ao lado de tradições milenares, os arranha-céus dividem espaço com parques e jardins, e a agitação dos centros comerciais convivem em harmonia com a serenidade de templos taoistas.


Localizada no sudeste da costa chinesa, Hong Kong se divide em três regiões. A ilha principal, que leva o nome de Hong Kong, fica ao sul. Acima dela, separada pela baía Victoria, está a península de Kowloon e, na fronteira com a China continental, está a porção conhecida como Novos Territórios, que engloba ainda 262 ilhas.
Para circular pela região, moradores e visitantes contam com táxis baratos e um eficiente sistema de transporte público, que inclui metrô (o MTR) e charmosos bondes e ônibus vermelhos de dois andares – uma amostra da herança britânica. Aliás, cuidado ao atravessar as ruas: como na terra da rainha, os veículos circulam do lado esquerdo da via. A sinalização é escrita também em inglês, o que facilita bastante a localização e os deslocamentos.


As principais atrações culturais (Mosteiro dos 10 Mil Budas, Hong Kong Science Museum, Pico Victoria, Jardins Zoológico e Botânico), locais de compras, bares e restaurantes ficam na praia do norte e na ponta sul. A melhor forma de conhecer a ilha é a pé.


Passeios

 Avenue of Stars (Avenida das Estrelas) - O calçadão da Tsim Sha Tsui é uma homenagem a técnicos e atores que colocaram a indústria cinematográfica local entre as mais importantes de todo o mundo. Inaugurada em 2004, a avenida, considerada a primeira do tipo em toda a Ásia, é decorada com estátuas de objetos e profissionais da área, e placas com as marcas das mãos de atores conhecidos no continente asiático como Jackie Chan e uma estátua em homenagem a Bruce Lee. A vista que se tem do Victoria Harbour, o porto local, e a Clock Tower (parte da antiga estação de trens local) são atrativos que também valem a visita.


Ônibus double deck - O Big Bus (www.bigbustours.com) é um passeio em um ônibus de dois andares em 3 circuitos que passa pelos principais atrativos de Kowloon e da Ilha Hong Kong. Outra opção de double decker é o Rickshaw Bus (www.rickshawbus.com) que cobre mais de 30 pontos turísticos na ilha em duas rotas que passam por pontos históricos e modernos de Hong Kong e oferecem vídeos explicativos em inglês e mandarim.


DHL Ballon - Outra opção é o passeio em um balão movido a gás hélio que acontece em Kowloon. Esse sobe apenas 100 metros e é mantido conectado ao solo por um cabo de aço. O passeio, que acontece em uma gôndola protegida com redes e capacidade para 20 passageiros, tem duração de 15 minutos e proporciona imagens panorâmicas do Victoria Harbour e dos prédios espelhados localizados as suas margens. West Kowloon Water Promenade (Estação MTR: Kowloon), tel. (852) 2528-2210. Diariamente, das 10h às 22h. Entrada paga. www.dhlhongkongballoon.com

Observatório do Bank of China
- Esse edifício com mais de 360 metros de altura e 70 andares era considerado o mais alto de Hong Kong, em sua inauguração em 1990. Sua estrutura mistura traços arquitetônicos modernos e tradicionais chineses, como a geometria assimétrica de sua estrutura inspirada no formato de um bambu. O 43º andar possui um observatório público que oferece visão panorâmica de Hong Kong. 1, Garden Road (estação MTR: Central). De seg. a sex. das 8h às 18h; sáb. das 9h às 13h. Entrada grátis. www.bochk.com




Observatório do IFC
Possui também um observatório no 55o andar que, em dias de céu claro, tem vistas impressionantes de todo o centro financeiro e das montanhas ao seu redor. Esse complexo com mais de 15 mil escritórios é composto por duas torres com 39 e 88 andares cada uma, mais de 100 lojas e as instalações luxuosas do hotel Four Seasons. Diariamente, das 10h às 18h. Entrada grátis. www.ifc.com.hk


Ópera - Assim como os espetáculos da Broadway de Nova Iorque a ópera cantonesa é a atração musical que nenhum viajante deve perder ao visitar Hong Kong. Tradicionalmente, a ópera era realizada nos vilarejos como forma de saudar os deuses e para entreter os locais. As apresentações podem ser feitas com atores ou bonecos e cantadas em uma melancólica e emocionante língua cantonesa. Os tons musicais (muitas vezes estridentes) acompanhados de sonoros tambores são, sem dúvida, as marcas registradas dessa genuína experiência em solos asiáticos. Para informações sobre esse e outros espetáculos culturais, acesse: www.lcsd.gov.hk



Sinfonia das Luzes - Diariamente, pontualmente às 20h, 44 edifícios se acendem e protagonizam um espetáculo de 20 minutos que combina luzes e música. A apresentação com 5 diferentes músicas e projeções de laser que parecem redesenhar o skyline de Hong Kong garantiu à atração o título de 'Maior Evento Permanente de Luz e Som' do Guinness. A apresentação é concorrida e está sempre lotada de turistas, inclusive em dias de chuva. Local ideal para ver a sinfonia: frente ao Victoria Harbour, próximo à Torre do Relógio ('Clock Tower'), em Kowloon.


 

Teleférico Ngong Ping 360 - O trajeto de 5,7 km de extensão garantiu a essa atração o título de teleférico mais extenso de todo o sudeste asiático. A viagem entre os terminais de embarque e desembarque dura 25 minutos e oferece vistas únicas da atrações da ilha Lantau como a baía Tung Chung Basuas, o aeroporto de Hong Kong, a estátua de bronze do Giant Budha e o North Lantau Country Park. São 109 cabines disponíveis para até 17 passageiros com destaque para a Crystal Cabins, cujo chão transparente permite visão do passeio sob outra perspectiva. O trajeto termina em uma vila chinesa cenográfica de 1,5 hectare que conta com restaurantes e lojas de souvenirs, conhecida como Ngong Ping Village. Acesso a partir da estação MTR Tung Chung. De seg. a sex. das 10h às 18h; sáb. e dom. das 9h às 18h30. www.np360.com.hk

The Peak – Essa é uma das mais famosas atrações turísticas de Hong Kong. O passeio começa com uma impressionante subida pela montanha em um bondinho que circula por uma ferrovia em operação há mais de 120 anos, considerada uma das mais antigas do gênero em todo o mundo. Após o desembarque, o turista visita a Peak Tower, uma torre a 396 metros sobre o nível do mar que conta com um terraço com vista de 360ºgraus de Hong Kong. O local é considerado um dos pontos mais altos da região e conta com quatro trilhas para caminhadas. Há também lojas de souvenires e restaurantes. O tíquete de ida e volta é vendido por um valor pouco maior do que a viagem de um trecho e ainda inclui acesso ao terraço de observação da Peak Tower. 128, Peak Road.. Diariamente, das 7h à meia-noite. Entrada paga. www.thepeak.com.hk

Macau: 

Macau lembra a Portugal, antiga Colonia Portuguesa.



O contraste das palavras em Português com o Chinês fazem desta ilha o paraíso dos Jogos, a cidade é um paraíso de mansões coloniais e agitados cassinos que, ao lado do turismo, é a principal fonte de recursos da cidade.
A ilha, está há uma hora de balsa de Hong Kong, é um ótimo local para passar o dia, seja passeando pelo centro velho, seja saboreando a comida local, uma mistura das culinárias chinesa e portuguesa.
Considerada a "Las Vegas do Oriente", pode-se visitar  à estátua da Deusa Kum Lam, o Templo A-Ma, as Ruínas de São Paulo, o Shopping de Souvenires de Macau e divertir-se nos famosos cassinos da cidade.

Vietnã:






 O Vietnã é um país longo e estreito que ocupa a costa oriental da península da Indochina, sobre o Golfo de Tonkin e o Mar da China. O clima é quente e chuvoso. Predominam as florestas tropicais e a rede hidrográfica é muito rica. A parte norte é mais elevada, sob influência das cadeias montanhosas formadoras do Himalaiado sul da China, onde se localiza o Fan Si Pan e seus 3.144 m de altitude, o ponto mais alto do país e de toda Indochina (agrupamento geopolítico regional deste país com o Laos e o Camboja).
Hanói (Hà Ni, em vietnamita) é a capitale segunda maior cidade do Vietnã. Situa-se no centro da planície do delta do rio Vermelho, a 88 km das costas do golfo de Tonquim. Hanói é uma das cinco "cidades centralmente governada" do Vietnã e possui o mesmo estatuto das províncias.

A Baía de Ha Long ou Baía de Along (Onde o Dragão entra no Oceano), com cerca de 3.000 ilhotas de calcário que se elevam das águas, é a mais conhecida baía do Vietnã.



A maior parte das ilhas não está habitada pela presença humana. A beleza é complementada pelo seu interesse biológico. As ilhas tem um número infinito de praias, grutas e cavernas.





De acordo com a lenda, quando um grande dragão que vivia nas montanhas correu até ao mar, a sua cauda cavou vales que mais tarde foram enchidos com água, deixando apenas pedaços de terra à superficie, ou seja, as inúmeras ilhas que se avistam na baía.

Fica a três horas de distância de Hanói. Poucas atrações do sudeste asiático podem ser consideradas mais impressionantes do que a Baía de Halong.
Não é por menos que essa região, localizada no Golfo de Tonkin, entrou para a lista de Patrimônio da Humanidade da Unesco.  Halong Bay é indescritível em sua geografia e no seu turismo.




Hue/Danang(Chan May),Vietnam - Chan May Portestá localizado no canto sudeste de Thua Thien-Hue, Vietnã.

Da Nang é a terceira maior cidade, e está localizado no Mar da China Meridional , a meio caminho entre Hanói e Ho Chi Minh City e maior cidade do Vietnã.


A cidade em si não tem nem a atmosfera de Hanói, nem da agitação da cidade de Ho Chi Minh City...





... mas fica perto os encantos de Hoi An e da capital imperial de Hue , tornando-se um local popular de férias para aqueles procuram explorar as atrações da região central do Vietnã.



As praias são limpas com areias claras e muitos Resorts de Luxo!

 Linh Ung Buddhist Temple , Bai But, Son Tra Peninsula - oferece uma vista deslumbrante sobre o mar, o céu e uma estátua de 67 metros de altura de frente para o oceano. O pagoda foi construído em 2010.



Capital Imperial de Hue e Hói An:
Há túmulos e pagodas em todos os lugares e em torno de Hue. Um lugar infinito para a cultura. Os historiadores acreditam que Hoi An foi fundada há mais de 2.000 anos atrás, como uma porta para o povo primitivo Sa Huynh, graças a evidências de escavações arqueológicas que também apontavam para o início do comércio com a dinastia Han. - Patrimônio Histórico da Humanidade!


Cidade de Ho Chi Minh – Saigon
Designada Saigon ou Saigão até 1975, é a maior cidade do Vietnã. Situa-se no sul do país e tem cerca de 6 milhões de habitantes. É o maior porto e o maior centro industrial e comercial do Vietnã. Suas cores são as da vistosa paisagem tropical, milhões de buzinas de motocicletas e seu cheiro é o da deliciosa sopa pho bo (pronuncia-se fô-bô).



E o interesse maior está nas ruas de uma metrópole marcada pelos resquícios do passado rural ainda recente para boa parte de seus habitantes. A moeda vietnamita é o dong.


Os preços vietnamitas são muito bons, por pouco menos de 20 reais janta-se no saboroso Huong Lai, com bela variedade de pratos locais e atendimento caprichado. Já uma refeição completa numa das lojas do Pho 24 custa cerca de oito reais e prepara para um dia todo de caminhada. Em Saigon comer é sempre uma experiência e tanto.



Vegetais fresquíssimos temperados com o sabor marcante do molho de peixe nuoc man, carnes cozidas por muitas horas na água de coco e os preciosos rolinhos nem cuon, feitos com papel de arroz, são sempre recompensadores. Temperos como a pimenta e coentro são encontrados nos pratos Vietnamitas!


Atrás do Teatro da Ópera, o Highlands Café oferece um espaço delicioso para apreciar a boa comida e lugar! No café da tarde, a parada é em uma das lojas da rede Highlands Café para saborear a bebida na versão local.


Em Saigon, não há semáforos e as faixas de pedestres são enfeites. Atravessar a rua na capital econômica do Vietnã (a política é Hanói) é sempre uma aventura.  Deve-se levantar a mão e rezar, pois as motocicletas não param e desviam de quem atravessa as ruas!!







 Atrações:

· Palácio da Reunificação – Este antigo palácio presidencial agora é museu e centro de exposições.

· Cho Ben Thanh Market - Imenso mercado com tudo que o Vietnã oferece.

· Templo da Deusa do Mar – Cultura e história ganham forma em esculturas de madeira e estatuetas de cerâmica neste colorido e incomum templo de adoração.

· Túneis de Cu Chi – Visite o distrito de Cu Chi e dê uma olhada no fascinante complexo subterrâneo de 124 túneis que foi usado durante a Guerra do Vietnã.

· Mercado de Cholón, uma mostra fervente do modo de vida vietnamita. Ai vende-se de tudo, desde peixes vivos expostos, em baldes com água, até os típicos chapéus artesanais.

· Rua dos curandeiros chineses. Onde encontram-se alguns Templos que merecem a pena admirar como o de Tam Si’n Hôi, Thiên Hân ou Nghua An Hôi. Também há lugar para as igrejas como a de São Francisco Xavier.

· Entre as visitas o que não pode perder é o Pagoda de Giac Lam, a mais esplendorosa da cidade.

· Mercado de Animais Vivos. Junto a ele está um famoso restaurante, o Maxim’s. Para tomar um sorvete nada melhor que os jardins próximos do hotel Continental. É interessante dar uma olhada no Museu de Crimes de Guerra, que mostra os horrores que viveu este povo.

· Mais distante do centro encontra-se o Pagoda do Imperador de Jade, com grandes estátuas de Buda.

·Museu de História de Vietnã e o Museu de Hö Chi Minh.


No centro da cidade de Ho Chi Minh é possível fazer compras sensacionais. Um lugar famoso para se gastar tempo e talvez dinheiro é o Mercado Central Ben Thanh, com milhares de produtos à venda, como roupas, sapatos, relógios, bolsas e alimentos.



No centro da cidade de Ho Chi Ming, Dong Khoi Street é uma das ruas mais movimentadas, repleta de boutiques elegantes, cafés e lojas de souvenirs.

Há duas empresas de taxi em Ho Chi Mihn, a Vinasun e a Mai Linh Taxi. Com veículos novos. Vinasun cobra US$ 30 para um passeio de 8 horas em Saigon.

Hotéis:


Park Hyatt Saigon - O hotel magnífico de Saigon, O Hotel está impecavelmente localizado ao lado do Teatro da Ópera.

Sofitel Saigon Plaza  District 1, Ho Chi Minh (Saigon)
Hotel Continental Saigon District 1, Ho Chi Minh - O Hotel Continental Saigon está convenientemente localizado no centro da cidade de Ho Chi Minh, a uma curta distância das principais atrações e proporciona fácil acesso a festivais e eventos!

Bangkok

 

Bangkok é a capital, bem como a maior e mais importante cidade da Tailândia. Situada na margem esquerda do rio Chao Phraya nas proximidades do da Golfo da Tailândia, a cidade possui cerca de 8 milhões de habitantes enquanto sua região metropolitana reúne um total mais de 14 565 520 habitantes, figurando como a maior aglomeração urbana da Tailândia e a 19ª maior do mundo. Serve ainda como o maior e mais desenvolvido centro urbano, administrativo, financeiro, cultural e comercial da Tailândia. A maioria dos navios de cruzeiro param na Laemchabang no Golfo da Tailândia, que fica há duas horas ao sul de Bangkok.



Apenas 14 graus abaixo da linha do Equador, Bangkok é uma metrópole tropical e uma das cidades mais receptivas a turistas na Ásia. Um choque aos visitantes que são imediatamente confrontados com o calor, a poluição e o sorriso irrepreensível que acompanha todos os tailandeses. Apesar das reportagens sensacionalistas internacionais e as primeiras impressões, a cidade é surpreendentemente segura, mais organizada do que aparenta.
A  alta umidade e a temperatura quente favorece o crescimento de plantas tropicais é possível encontrar orquídeas exóticas e deliciosas frutas em todo o lugar.


A culinária tailandesa é famosa, variada e acessível. Monges em robes, letreiros luminosos, arquitetura, pratos picantes, mercados coloridos, engarrafamentos e um clima tropical andam juntos. É difícil deixar a cidade sem sentir saudades!!!!

 Comida é o que não falta na Khao San Road e eles servem de tudo, dos pitorescos insetos fritos a pratos de cozinha internacional. frutas frescas como abacaxi, manga, morango, melancia, a pad thai (um macarrão frito tailandês com verduras e/ou carne de porco e frango). Outra coisa que é muito boa é a panqueca tailandesa.

Walking-tours eles estão restritos a roteiros a pé e limitados a um certo perímetro. O que mais será usado em termos de transporte é a combinação entre Sky-train e Chao Phraya River Express boats, as estações Saphan Taksin e Central Pier, que serão as mais usadas para se chegar às mais importantes atrações da cidade.

Não há nenhuma dificuldade em encontrar um tuk-tuk. Basta posicionar-se numa calçada no meio-fio, como se estivesse pra chamar um taxi e logo alguns aparecerão.


Uma corrida média normalmente custa 60 a 80 Baht. Infelizmente por causa disso os “water taxis” são a melhor maneira de locomover-se em Bangkok: baratos, confiáveis, eficientes, sempre com percursos e vistas agradáveis ao longo das margens do rio Chao Phraya. O Chao Phraya River Express, os maiores e mais rápidos, com uma lista vermelha e um número no alto é o que a maoiria dos turistas pega.

Horário de funcionamento: 6:00-19:30. O Skytrain é um monotrilho elevado, moderno, silencioso, bonito e limpo, que corre por boa parte da cidade, em duas linhas. As estações e seus acessos são bonitas e arejadas, claras e modernas.


Pontos Turisticos:

Rattanakosin Island - Cidade Antiga

Abrangendo a Chao Phraya e situado ao norte de Chinatown, a Cidade Velha (Rattanakosin) é onde estão as mais espetaculares atrações históricas. Atrações incluem a majestade régia do Grande Palácio , a beleza inspiradora de Wat Phra Kaew , e o tradicional centro de aprendizagem Wat Pho e Wat Mahathat , esta última considerada uma das primeiras universidades da Tailândia e um centro de meditação. Sanam Luang, o parque histórico ao lado do Grande Palácio tradicionalmente utilizado para importantes  cerimônias budistas, e a National Gallery .

Horário: 08:30 - 15:30 Diárias
Location : Na Phra Lan Road, Old City (Rattanakosin) Localização:Na Phra Lan Road, Old City (Rattanakosin)
 Preço: Os ingressos vendidos a partir de 8:30-15:30 e valor 400 baht! Um bilhete inclui entrada para Vimanmek Palácio e Dusit Abhisek Throne Hall.





Royal Grand Palace e Emerald Buddha Temple
São os pontos turísticos mais famosos da cidade e ficam bem próximos da Khao San Road, uns 15 minutos a pé. A entrada custa 400 baht e deve se vestir de maneira respeitosa (homens tem que ir de calça e mulheres tem que cobrir os ombros e os joelhos e não usar roupas coladas ao corpo). O lugar é lindo! Extremamente exótico, dourado. Muito diferente mesmo. Prepara-se para ver muito dourado e diferentes tipos de Budhas.

Apesar de serem as atrações turísticas mais visitadas em toda a Tailândia, Wat Phra Kaew (วัด พระ แก้ว) eo Royal Grand Palace (พระบรม มหาราช วัง) realmente são os símbolos mais respeitados e admirados  da Tailândia e devem ser visitados uma vez durante toda a visita a Bangkok. O palácio já foi a casa do Rei da Tailândia e Wat Phra Kaew é o templo que abriga o Buda de esmeralda. É lá que está o enorme “Reclining Budha”, ou seja, o Budha deitado. Ele é realmente muito grande e vale a pena a visita.


 De Wat Arun, embarque em ferry rápido para atravessar o rio e você vai estar certo nas terras Grand Palace.

Wat Arun é o templo do amanhecer, e deve subir até o topo do templo na escadaria estreita sobre Chao Phraya em Bangkok. A taxa de entrada é de 20 THB e horário de funcionamento 7:30 - 17:30.
Benjakiti Park 

Bela flora, fauna e um lago enorme tornar o parque extremamente cênico.. Este é um ótimo lugar para passear e descansar!!!Como chegar: De Khlong Toey, pular em um tuk tuk ou táxi para um curto passeio para o parque. O passeio deve custar em torno de 40 THB - 50 THB.

Pratunam Bangkok - Uma das áreas mais coloridas de Bangkok, e notoriamente popular por suas lojas de moda de fábrica, mercados de rua, bazares e fornecedores locais, Pratunam oferece preços baixos para todos os tipos de roupas, vestuário, acessórios de moda, calçados, relógios, jóias, cintos , bagagem e então alguns.

Passeio noturno na beira do rio

Passeio com um dos inúmeros barcos que oferecem jantar ou apenas dar uma caminhada pela região e tirar umas fotos dos prédios iluminados na beira do rio.

 Restaurantes em Bangkok:



Night markets Diversas regiões de Bangkok tem mercados noturnos. Khao San Road e do Pat Pong District. 

Dicas de táxi: Certifique-se de que o medidor está ligado!!!!

Singapore:


Singapura -República de Singapura, é uma cidade-Estado localizada na ponta sul da Península Malaia, no Sudeste Asiático, a 137 quilômetros ao norte do equador. Um país insular constituído por 63 ilhas, é separado da Malásia pelo Estreito de Johor, ao norte, e das Ilhas Riau(Indonésia) pelo Estreito de Singapura, ao sul. Singapura é altamente urbanizada, mas quase metade do seu território é coberto por vegetação.
Há muitas atrações turísticas em Singapura, a partir da Marina Bay Sands Skypark com a sua plataforma de observação para o zoológico de Cingapura, Cingapura e Noite Zoo, sendo que ambos possuem animais fascinantes. Clarke Quay é uma área de recreação popular, enquanto Orchard Road e Chinatown são bons para fazer compras.
Um lugar interessante de dar uma passadinha é no subsolo gastronômico do Takashimaya na Orchard Road, mas deve-se evitar o horário de pico, almoço, pois é muito lotado.

Marina Bay Sands Skypark

Marina Bay Sands Skyparké um complexo em cima da Marina Bay Sands Resort and Casino, com um deck de observação como uma de suas principais características. O deck é um dos principais pontos turísticos em Singapura. Tem alguns pontos dúzia diferentes, cada uma delas oferece uma vista de diferentes pontos turísticos de Singapura.



Por exemplo, você pode ver Marina Bay, o distrito central de negócios, o Rio Singapura, o Sheares Benjamin e pontes Helix, os edifícios antigos e novos tribunais supremos, eo Changi Airport torre de controle. Você pode comprar lembranças de Cingapura em lojas na área de observação, e os fotógrafos ambulantes vendem fotos comemorativas. Há também uma piscina infinita estilo no convés, mas só pode ser usado pelos hóspedes do resort.

Clarke Quay

Clarke Quay é uma área de recreação mar perto da foz do rio Singapura. Seu mercado peculiar tem tudo, desde carrinhos de quiosques para lojas que oferecem souvenirs e mercadorias em geral.



Há uma abundância de restaurantes que servem clássica culinária de Cingapura , Juntamente com outras variedades étnicas, como comida chinesa, italiana e mediterrânica.

A Singapore Flyer

A Singapore Flyer é um dos principais pontos turísticos em Singapura. Esta mega roda gigante tem a distinção de ser o maior passeio de seu tipo no mundo.





... são 541 pés (165 metros) de altura, com 28 gôndolas com ar-condicionado para os passageiros poderempassear com conforto e obter uma vista deslumbrante de Singapura! Um passeio no Singapore Flyer leva cerca de meia hora.
Orchard Road

Orchard Road é uma área extremamente popular de compras de Singapura que atrai grandes multidões de habitantes locais e turistas.




É uma rua de sentido único com muitos shopping centers...Hotéis de luxo!!! ...O  lugar ideal para se hospedar em Singapura. Os pedestres podem caminhar facilmente na área por conta das walkways.
Chinatown em Cingapura

Chinatown em Singapura é um lugar onde  pode encontrar a cultura chinesa autêntica. Os chineses formam o maior grupo étnico em Cingapura. Muitos vivem em Chinatown, uma área com grande variedade de  restaurantes chineses, e também é lar de cozinha coreana autêntica.
PORTO DE SINGAPURA - Cruise Centre Singapore
61 Marina Coastal Drive - Singapore 018947